18/12/2008

Retrospectiva 2008 e pausa para as férias!


A temporada 2008 chegou ao seu final com um saldo bem positivo para o rock brasiliense. E os motivos para isso são vários. Acho que pela primeira vez em muito tempo houve um esforço coletivo, mesmo que involuntário ou não organizado, para recuperar o rock de Brasília.
Tivemos a volta da Cultura FM, que após anos de “programação popular” reabriu suas portas para a produção local e passou a ser transmitida também na internet. Além do eterno Cult 22, novos programas como o Conexão DF da Paola Antony, que vai ao ar aos sábados, ou a Parada 061, uma parada diária com as músicas locais mais pedidas, serviram para começar a diminuir a distância entre os artistas e o público.
Na internet a coisa também esquentou. E além deste humilde blog, 2008 foi também o ano em que o site Rock Brasília e o Esfolando Weblog entraram no ar. O web programa Synergia também começou a cobrir alguns eventos. Enfim, o rock de Brasília voltou a receber a atenção que lhe foi negada por tanto tempo. E como sempre acontece quando se olha para algo com mais atenção, os resultados apareceram. 

E nesse novo cenário, algumas bandas se destacaram de alguma forma. O Velhos e Usados lançou um álbum excepcional de produção muito bem cuidada, chamado Híbrido. Traz um rock pulsante com muita identidade e qualidade musical. Inovou ao disponibilizá-lo na íntegra em seu site.
Algo que o Gilbertos Come Bacon não pôde fazer. Mas ter suas músicas confinadas à bolachinha não impediu a Gilbertada de participar de vários festivais fora do DF e de outros inúmeros shows por aqui, se houve uma “campeã dos flyers”, acho que foi a banda de Planaltina.

A banda Gonorants foi ousada e acabou pagando de certa forma por isso. O show de lançamento de seu álbum foi produzido por eles. Foi o Festival Cuca de Copas, que teve participação do Gilbertos e dos cariocas Autoramas e Matanza. Sua apresentação, espremida entre os gigantes do Rio, foi marcada pela ansiedade dos fãs da banda do Jimmy. Mas, tanto o álbum como a banda são promissores para 2009. 

Lançamento com estilo também fez a banda Trampa. Seu álbum de estréia, o vigoroso Te presenteio com a Fúria!, foi apresentado ao público no primeiro semestre, em um concerto ao lado da Orquestra Sinfônica do Teatro Nacional. O show, que se chamou Trampa Sinfônica, aconteceu diante de uma Sala Villa-Lobos lotada no mês de maio.

Já os destaques internacionais foram  Nancy e Lucy and the Popsonics. O duo Lucy and the Popsonics, que já é cidadão do mundo, foi considerada a revelação em um festival independente no Canadá, chamado Pop Montreal. Com a banda Nancy aconteceu algo curioso. Ao mesmo tempo em que foi elogiada até no USA Today, o único veículo de Brasília que falou algo sobre a banda foi o Rock Brasília, desde 1964. Ponto pros leitores, que puderam ver em primeira mão o que o Jornal da Globo só mostraria um mês depois.

2008 também foi marcado por novas produções e projetos, como os semanais do Rayuela Bistrô ou o Festival Na Rota do Rock Brasília, que reuniu 19 bandas e teve como ponto alto o emocionante revival d’Os Cabeloduro no Gates Pub. Agora é aperfeiçoar porque os caminhos para 2009 já estão apontados, basta segui-los.

Bom, é isso amigos, o Rock Brasília, desde 1964 entrará em férias até a segunda quinzena de janeiro. Enquanto isso, aproveitem para olhar as postagens antigas, relembrar a HISTÓRIA, redescobrir os ÁLBUNS, viajar nos anos 60, 70, 80, 90 ou 2000 ou conhecer as histórias que acompanham o rock de Brasília desde 1964.


Feliz 2009!

11 comentários:

  1. O Violator também pode ser considerado destaque internacional!

    ResponderExcluir
  2. As músicas da Gilbertada estão confinadas no CD!

    Mas ano que vem esse CD vai estar bem disponível, vai rodar muito com a distribuição da Tratore. Em março deve rolar o lançamento e vc está mais que convidado.

    obrigado pela força de sempre.


    joca

    Gilbertos

    ResponderExcluir
  3. Valeu pela presença, galera! Feliz 2009 para todos.

    E valeu pelo convite, Joca, vou cobrar, hehehe. E quero ver esse CD pipocar pelo Brasil afora!

    grande abraço!

    ResponderExcluir
  4. 2008 foi muito bom, 2009 será ainda melhor! Abraço!

    ResponderExcluir
  5. Que venha 2009 pra sepultar de vez os lixos por aqui despejados pelo Fernando Rosa. Leiam meu blog também!

    ResponderExcluir
  6. só pra avisar que os gringos já tão comprando!

    http://comcel.imusica.com.br/album.aspx?id=143306

    ResponderExcluir
  7. Massa, depois solta a imagem da capa pra gente!

    Abs

    ResponderExcluir
  8. Souza mecânico do Sudoesteterça-feira, janeiro 06, 2009

    Acho este blog uma bosta. Tudo muito chato e feito por um babaca.

    ResponderExcluir
  9. Desconfio que esse Souza masoquista (Se acha o blog uma merda, por que continua lendo?) é uma mocréia nariguda indie que eu não quis comer...

    Mesmo assim, obrigado pela audiência e continue comentando.

    bjo

    ResponderExcluir
  10. Muito boa a retrospectiva, mas existem alguns equívocos relativos à Rádio Cultura: a "volta" da programação como nos bons tempos aconteceu no início de 2007. O Conexão DF já existe há muitos anos, ainda nos tempos da programação popular da emissora. E o Parada 061, se não me engano, também começou em 2007.

    Abraços

    ResponderExcluir
  11. Opa!

    Só explicando rapidão. O que eu quis dizer na retrospectiva foi que em 2008 essa "volta" da Cultura FM se consolidou. Mas realmente eu não sabia que o Conexão DF vinha desde a época "popular".

    Valeu pela presença e pela correção!

    Abraço

    ResponderExcluir

O Rock Brasília, desde 1964 conta com sua ajuda e suas sugestões para se aperfeiçoar. Comenta aí!

ATENÇÃO! Como a moderação está ativada, pode ser que demore uns minutinhos pro comentário aparecer. Palavras de baixo calão e críticas que nada tenham a ver com o contexto da postagem serão limados sem dó.

Valeu pela participação.

Renato Nunes

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Related Posts with Thumbnails